Alegando violação de diretos autorais, o Manchester United está processando os produtores do Football Manager, Sega e Sports Interactive, pelo uso do nome do clube no game e por usar um escudo genérico em vez de licenciar o logotipo oficial dos Red Devils.

Segundo o United, substituir o seu escudo por “um escudo simplificado vermelho e branco priva o proprietário registrado do seu direito de ter o escudo do clube licenciado”.

Em uma audiência preliminar remota nesta sexta-feira, o advogado do Manchester United, Simon Malynicz, afirmou que o nome do clube é um dos “mais valiosos do mundo e uma das marcas mais reconhecidas” e que o dinheiro feito com o licenciamento dele e do seu escudo é “muito significativo”. Disse também que os consumidores “esperam ver o escudo do clube perto do nome Manchester United” e que não fazê-lo é um “uso indevido”.

Ele também pediu ao juiz Morgan a permissão para acrescentar uma queixa contra a Sega e a SI por “encorajar” o uso de patches de terceiros que contêm réplicas de marcas licenciadas, facilmente baixadas na internet, dos quais as empresas se beneficiam diretamente por não precisarem de “nenhuma licença” e por aumentar as vendas do jogo.

A Sega e a SI dizem que o uso do nome do clube é uma referência legítima ao Manchester United dentro do contexto do futebol e que tem sido referenciado pelo Football Manager e pelo seu predecessor, o Championship Manager, desde 1992 “sem nenhuma reclamação” do requerente.

As empresas acusam o Manchester United de impedir a “legítima competição em videogames” ao proibir o uso do nome do clube por jogos que não o tiverem licenciado e que seria uma “despropositada restrição ao direito de liberdade de expressão restringir o uso das palavras ‘Manchester United’ ao se referir ao um time em um jogo de computador”.

Acrescentaram que o requerente “consentiu o uso do seu nome no Football Manager e agora não pode reclamar dele”, pontuando que cópias do jogo foram enviadas a vários oficiais e jogadores do clube durante muitos anos e sempre houve comentários positivos na imprensa e nas redes sociais feitos por eles sobre o jogo.

Além disso, disse que os funcionários do requerente que que trabalham com análise de dados e no departamento de olheiros entraram várias vezes em contato com a SI pedindo para acessar a base de dados do Football Manager para “pesquisa e observação”.

Sobre o escudo, argumentaram que o logotipo genérico usado no jogo é “um de 14 logos genéricos aleatoriamente escolhidos sempre que um novo jogo é iniciado” e que isso claramente indica que o escudo do Manchester United não foi licenciado.

.