Paco Alcácer foi uma das grandes surpresas da primeira metade da Bundesliga. É o artilheiro, com 12 gols, empatado com Luka Jovic, do Eintracht Frankfurt. Mas com um aspecto curioso: o atacante espanhol disputou apenas 502 minutos do Campeonato Alemão, espalhados em doze rodadas, apenas cinco como titular. Ainda reflexo da falta de atividade que o levou à Alemanha.

LEIA MAIS: Chelsea acerta a contratação de Pulisic, o americano mais caro da história

 

Porque, antes de defender o Borussia Dortmund, Alcácer era jogador do Barcelona. Contratado do Valencia para ser reserva do ataque catalão, foi exatamente isso: reserva. Atuou apenas 50 vezes ao longo de duas temporadas, geralmente entrando no decorrer das partidas. Somou apenas 2.287 minutos, ou 25 partidas completas.

Alcácer ainda busca o condicionamento ideal. Perdeu algumas rodadas da Bundesliga com problemas físicos leves e tem um rendimento melhor quando entra em campo nos minutos finais do que jogando desde o início. “Se você não joga muito em dois anos, precisa de tempo para recuperar (a forma)”, afirmou, segundo a Kicker.

O último compromisso do Dortmund antes da pausa de inverno foi contra o Borussia Monchengladbach. Alcácer fez seu terceiro jogo como titular em quatro rodadas, mas precisou sair logo aos 34 minutos, com problemas físicos. Esta quarta-feira foi seu primeiro dia com os colegas no campo de treinamento em Marbella, na Espanha. Fez apenas um trabalho leve.

Alcácer tem um gol a cada 41 minutos em campo pela Bundesliga, e o torcedor do Borussia Dortmund imagina o que pode acontecer quando o seu condicionamento melhorar. Enquanto isso, o espanhol de 25 anos adota uma postura modesta. “Se você joga no Borussia Dortmund, com esses jogadores, é fácil fazer gols”, afirmou, antes de destacar um, em especial, que o ajuda bastante.

“Marco (Reus) tem sua parte no meu jogo. Temos um time muito bom e ele é um jogador fantástico. Eu o entendo muito bem no nível humano”, disse. Dois dois 12 gols de Alcácer na Bundesliga foram com assistência de Reus.