Os egípcios do Al Ahly conquistaram pela quarta vez a Supercopa Africana ao derrotar por 2 a 1 o Sfaxien, da Tunísia, nesta sexta-feira, no Cairo. O angolano Flávio marcou os dois gols do Al Ahly, atual campeão da Liga dos Campeões da África.

Flávio fez 1 a 0 com um gol de cabeça aos 2 minutos do segundo tempo. O Sfaxien, bicampeão da Copa da Confederação, respondeu com o marfinense Blaise Kouassi, mas Flávio decretou a vitória a vinte minutos do fim, aproveitando cruzamento do compatriota Gilberto.

Os outros títulos do Al Ahly na Supercopa foram conquistados em 2001, 2005 e 2006. O Sfaxien já havia perdido a decisão no ano passado, no confronto doméstico com o Étoile du Sahel.