Nas duas últimas rodadas, o Campeonato Holandês terá partidas simultâneas. Como há briga por título, vagas europeias e rebaixamento, a liga oferecerá emoções fortes até que seja definida na quarta-feira, às 14h30. E o desfecho do domingo já encaminha a taça. O PSV visitou o AZ em Alkmaar e engoliu a derrota por 1 a 0. Enquanto isso, o Ajax cumpriu sua missão e goleou o Utrecht por 4 a 1 na Johan Cruyff Arena. Os Godenzonen abrem três pontos de vantagem na liderança, com um saldo de gols bem mais confortável que os concorrentes, 84 a 70. Após dias frustrantes, os Godenzonen ganham motivos para sorrir.

O contexto era bem distinto: agora o time baqueado era o Ajax, que se classificava para a final da Liga dos Campeões até os 50 minutos da segunda etapa, quando Lucas Moura sacramentou a milagrosa vitória do Tottenham, por 3 a 2. Muita gente na Holanda, sobretudo o técnico do PSV, Mark van Bommel, previu que o emocional dos Godenzonen estaria comprometido por conta dessa frustração.

Fato é que o Ajax ainda era favorito na disputa, mas a queda europeia diminuiu a sensação de que os garotos de Ten Hag iriam buscar o campeonato após cinco anos. Quem poderia medir os efeitos de tamanha decepção no desfecho da temporada? De líder com folgas a segundo colocado, o PSV comemorou a desgraça do rival. De qualquer forma, precisaria conquistar o resultado em Alkmaar. Mesmo que a rodada 34 seja a definitiva, de um jeito ou de outro, os resultados deste domingo poderiam encaminhar a situação.

Acompanhando os dois jogos ao mesmo tempo, decidimos fazer algo diferente: um relato só, de olho no relógio, com os principais acontecimentos envolvendo os líderes. Confira:

1’: Impressionante! O Ajax deixa sua defesa aberta na direita e sofre o primeiro gol da partida, de Othman Boussaid. Um chute rasteiro no cantinho da meta de Onana. A retaguarda ajacieden simplesmente não havia entrado em campo. 1 a 0 para o Utrecht!

2’: Em Alkmaar, festa dos torcedores do PSV: o resultado parcial devolve o clube de Eindhoven à liderança, sem nem precisar sair na frente contra o AZ.

10’: Também pela direita, o Ajax vê Ziyech segurar a bola o suficiente para acionar Van de Beek. O meia entra na área e passa para trás. Lá está Huntelaar, o artilheiro, que bate no canto para vencer o arqueiro. Ajax 1-1 Utrecht!

41’: De Ligt salva o que seria um gol certo do Utrecht. O capitão entra na frente de Kerk, na pequena área, e desvia a bola cruzada para escanteio. A torcida local prendeu a respiração.

45’: Tagliafico perde a passada na finalização, a bola sobra para Tadic, que cruza para trás. Van de Beek sobe livre e testa para o gol. Jensen não segura e vai buscar no fundo da rede! Virada do Ajax! 2 a 1 contra o Utrecht!

Intervalo: De olho no outro resultado, o PSV desce para os vestiários com um semblante preocupado. O 0 a 0 de momento não ajuda em nada na briga pelo título. Enquanto isso, o Ajax busca o 2 a 1 no último suspiro da primeira etapa. Vamos ver o que Mark Van Bommel e Erik Ten Hag planejam para os 45 minutos finais. O Ajax está abrindo dois pontos de vantagem na tabela.

46’: Está valendo para a segunda etapa. Os quatro times voltam ao gramado. São os últimos 45 minutos da rodada deste último domingo de Eredivisie em 2018-19.

48’: Em trama veloz pela esquerda, o AZ desce com apenas dois atletas contra três do PSV. Til lança Stengs, que devolve um bolão. Til, completamente livre, entra na área e tem tempo de escolher onde chutar. O camisa 10 bate no canto de Zoet e abre o placar! AZ 1 a 0 PSV!

51’: O AZ está insano! Bola na trave de Zoet em chute de Stengs! A defesa do PSV está em sérios apuros. A cara de Van Bommel no banco não é nada boa.

52’: Por falar em bola na trave, agora foi a vez do PSV! Vlaar afasta mal um cruzamento para a área e manda contra o próprio gol. Bizot nem viu a bola, mas contou com a sorte no lance.

56’: Sobrou até para o árbitro em Alkmaar. Desesperado pelo empate, o PSV subiu a marcação e deu um desarme até no juiz, que estava perto da bola no lance. O senhor apitador chegou a cair, incrédulo.

64’: Ziyech faz grande jogada, dribla meio mundo, mas não acha espaço para bater. Ele aciona Van de Beek, que rola para Tadic. O sérvio bate seco, mas Jensen salva sem problemas. Ajax domina completamente o Utrecht.

65’: Em Alkmaar, Angeliño desce à linha de fundo, cruza à meia altura e Malen cabeceia. A bola passa perto da trave de Bizot. O PSV reage.

70’: Bola na trave em Alkmaar! Maher cobra falta fechada pelo alto, Zoet salta para dar um golpe de vista, mas a cobrança belisca o travessão e sai. Foi por muito pouco!

72’: Em cima da linha! Angeliño acha espaço na área do AZ, chuta rasteiro e a bola passa por Bizot, mas não por Gudmundsson, que afasta a alguns centímetros do gol. Pressão do PSV, que vai para o tudo ou nada.

74’: É gol do Ajax! Escanteio cobrado por De Jong, Huntelaar escora de cabeça para o meio da pequena área e Tadic pega. O camisa 10 ajeita e bate no alto para fazer seu 25º gol na temporada. 3 a 1 para o Ajax contra o Utrecht.

79’: Pênalti para o Ajax! Ziyech é derrubado dentro da grande área. Sem sombra de dúvida. Tadic cobra e faz outro! Agora ele tem só dois gols a menos que Luuk De Jong na artilharia. Será que dá? 4 a 1 para o Ajax contra o Utrecht!

88’: Em Alkmaar, Dumfries se mete no meio do bolo da área e sai livre de cara para Bizot. Ele chega a passar o pé em cima da bola para finalizar, mas o goleiro se atira e agarra. Bateu o desespero no PSV, agora fica bem difícil.

91’: Lacina Traoré entra em campo e no seu primeiro toque, acerta o travessão de Jensen! Bola alta para o jovem atacante, que quase guarda uma.

92’: Fim de jogo em Amsterdã! 4 a 1 para o Ajax contra o Utrecht. Restam mais dois minutos em Alkmaar para AZ-PSV.

92’: Bizot salva! Defesa providencial do arqueiro do AZ! Em escanteio do PSV, Luuk De Jong testa firme e força o goleirão a praticar mais uma grande intervenção.

94’: Fim de jogo em Alkmaar! Van Bommel desce direto para os vestiários, possesso e em silêncio. 1 a 0 para o AZ, que atrapalha os Boeren em um momento crucial da campanha.

O Ajax avança mais um passo rumo ao título, com 83 pontos. O PSV tem só 80, mas o saldo de gols dos godenzonen é quase inalcançável: 84×70 a favor da equipe de Amsterdã. Só um milagre sem precedentes pode salvar a temporada do PSV. Mas é bom não duvidar, ainda mais depois da sucessão inacreditável de viradas nas semifinais da Liga dos Campeões. A decisão será quarta-feira, às 14h30. Até lá!