Copa Africana de Nações

Federação camaronesa envia convocação para e-mail errado e, por isso, Choupo-Moting não jogará pela seleção na Data Fifa

Garantida na Copa Africana de Nações de 2021 por ser o país-sede, a seleção de Camarões apenas cumpre tabela nas eliminatórias do torneio. Os Leões Indomáveis encerram sua campanha no qualificatório nesta Data Fifa, contra Ruanda e Cabo Verde. E não poderão contar com o seu capitão, Eric-Maxim Choupo Moting, por um erro crasso da federação local. Segundo o jornal Bild, os dirigentes mandaram para um endereço errado o e-mail que avisaria o jogador sobre sua convocação. Assim, o atacante ficará de fora.

Choupo-Moting deveria ser prontificado sobre sua convocação através de um e-mail, assim como o Bayern. O problema é que a mensagem da federação camaronesa não foi enviada ao endereço eletrônico do jogador ou do clube, mas sim ao endereço da própria federação, conforme a informação do Bild. Ninguém percebeu o erro a tempo e, assim, o atacante achou que não tinha sido chamado. Ele só soube que seu nome estava incluído depois e não poderá comparecer.

“Entrei em contato com a federação para saber o que estava acontecendo. Falei com o Bayern e eles me confirmaram que não haviam recebido a convocação. Aparentemente, a federação enviou a convocação para o endereço de e-mail errado e não percebeu até esta segunda-feira. Isso é falta de profissionalismo”, reclamou Camile Just Choupo-Moting, pai do jogador e também seu agente.

Camarões visita Cabo Verde no próximo dia 22 e depois recebe Ruanda no dia 25. Choupo-Moting é o segundo atleta com mais aparições pela seleção e o segundo maior artilheiro entre os convocados pelo técnico Toni Conceição desde 2019. O atacante disputou duas Copas do Mundo e duas Copas Africanas pelos Leões Indomáveis.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo