Copa Africana de Nações

Boletim da CAN 2022, Grupo B: Senegal e Guiné passam aperto, mas garantem a classificação

Senegal ficou na primeira colocação da chave, mas longe de apresentar um futebol convincente, e Guiné até perdeu para o eliminado Zimbábue

O Grupo B da Copa Africana de Nações classificou as duas principais seleções. Senegal e Guiné, entretanto, não encantaram neste início de competição. Os senegaleses fizeram apenas cinco pontos e não saíram do 0 a 0 contra Malaui nesta terça-feira, mas ainda assim ficaram com a liderança. Tudo porque os guineenses perderam para Zimbábue, já eliminado, por 2 a 1 e tiveram que se contentar com o segundo lugar. Guiné se deu melhor no confronto direto com Malaui, que também ficou com quatro pontos e segue com esperanças de passar entre os melhores terceiros colocados.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Senegal 0x0 Malaui

Senegal contava com reforços importantes, depois do surto de Covid-19 que afetou o elenco no início do torneio. Édouard Mendy fazia sua estreia na competição, após conquistar o Prêmio The Best como melhor goleiro do mundo. Kalidou Koulibaly era outra novidade de peso na zaga, logo com a braçadeira de capitão. Porém, Malaui provou seu valor nesta CAN. Durante o primeiro tempo, os 78% de posse de bola dos senegaleses só renderam três finalizações. Na mais perigosa, Sadio Mané mandou por cima do travessão. Já do outro lado, os malauianos até arremataram mais e foram mais ameaçadores. Gabadinho Mhango, em especial, deu trabalho a Koulibaly.

O segundo tempo veria Senegal mais agressivo. Os 79% de posse de bola se repetiram, mas com sete finalizações, que deram trabalho ao goleiro Charles Thom. O arqueiro faria duas ótimas defesas, em cabeçada de Abdou Diallo e falta potente de Idrissa Gana Gueye. Malaui, todavia, poderia ter aprontado uma zebra aos 30 minutos. Bouna Sarr segurou o ombro de Gomezgani Chirwa na área e o árbitro marcou pênalti. A penalidade acabaria revertida pelo VAR, o que gerou revolta entre os malauianos. No fim, os senegaleses ainda quase tiveram um golaço de Famara Diedhiou, mas o tiro seria agarrado por Charles Thom.

Zimbábue 2×1 Guiné

Guiné parecia favorita para o confronto, em situação confortável na tabela de classificação. Zimbábue já não tinha chances sequer do milagre entre os terceiros colocados, já que perdia no confronto direto para Malaui se chegasse aos três pontos. Ainda assim, defendendo sua honra, os Guerreiros venceram por 2 a 1. O primeiro tempo teria mais posse dos guineenses, mas Sory Kaba veria a melhor chance ser salva pela zaga quando a meta estava aberta. E a postura direta dos zimbabuanos do outro lado valeu dois gols. O primeiro, aos 26, seria anotado de cabeça pelo capitão Knowledge Musona. Já o segundo, aos 43, veio num chute rasteiro de Kudakwashe Mahachi que contou com a colaboração do goleiro Aly Keita.

Guiné corria risco de cair para a terceira colocação se perdesse. Assim, a vitória era importante aos Syli Nacional, até para garantir a liderança da chave. A reação começou a ser esboçada aos quatro minutos, quando Naby Keita mandou um balaço da entrada da área e acertou o ângulo. A sequência do segundo tempo teria uma pressão imensa dos guineenses, que controlavam a bola no ataque e arriscavam bastante de longe. Porém, os muitos tiros para fora tiveram seu preço e o triunfo não veio. Pelo menos, não custou tão caro assim, com a segunda posição.

Vale destacar ainda Salima Mukasanga, que se tornou a primeira árbitra a apitar uma partida de Copa Africana de Nações na história. A ruandesa já tinha trabalhado como quarta árbitra na competição, mas desta vez conduziu o apito.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo