África

Campeonato Egípcio deverá ser retomado sem torcedores

O presidente interino da Associação de Futebol Egípcio (EFA), Anwar Saleh, revelou que o campeonato local deverá continuar sem a presença de torcedores. Segundo o dirigente, esta seria uma medida de segurança após a tragédia em Port Said, que resultou na morte de 74 torcedores no encerramento da partida entre Al Masry e Al Ahly.

“A liga será retomada de portões fechados, mas isso depende dos resultados das investigações. A segurança é prioridade para todos os egípcios e nós garantimos que os torcedores voltarão às arquibancadas gradualmente”, afirmou.

Saleh ainda não discutiu a decisão com os clubes do país, mas não crê que haverá oposição: “Continuar a competição é essencial para todas as partes, então penso que os clubes não se oporão a atuar sem seus torcedores”.

A Confederação Africana de Futebol tinha se manifestado novamente sobre os ocorridos no Egito no início da semana. A entidade doou 150 mil dólares às famílias das vítimas do ataque. A Fifa já tinha contribuído com 250 mil dólares, entregues a uma conta de caridade criada pelo Al Ahly.

Nesta quinta-feira, o Al Ahly realizou seu primeiro treino após o desastre. “Nós continuaremos trabalhando com a moral dos jogadores depois dessa trágica experiência. É difícil esquecer o que aconteceu, mas precisamos ir em frente”, declarou o diretor de futebol Sayed Abdel-Hafiz.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo