Emmanuel Adebayor passou a primeira metade da temporada desempregado. Após uma passagem de raras lembranças pelo Crystal Palace, o centroavante atravessou meses sabáticos até ganhar uma chance no Campeonato Turco. E pode dizer que teve sorte: assinou com o Istanbul Basaksehir, na briga pelo título nacional. Após retornar lesionado da Copa Africana de Nações, o togolês estreou no início de março e vem causando impacto, ao anotar cinco gols em suas cinco primeiras partidas pela Süper Lig. Números inflados especialmente por aquilo que fez nesta segunda, com uma tripleta nos 4 a 0 sobre o Galatasaray. O veterano não balançava as redes três vezes num mesmo jogo desde maio de 2011, quando ainda defendia o Real Madrid, no massacre por 8 a 1 diante do Almería.

VEJA TAMBÉM: Basaksehir, a surpresa que domina o Campeonato Turco e oferece uma alternativa em Istambul

O jogo desta segunda era fundamental ao Basaksehir, e não apenas pela corrida para alcançar o Besiktas, líder do campeonato. Os tropeços recentes dos pequenos permitiram a aproximação de Galatasaray e Fenerbahçe na tabela. Caso os leões vencessem, ficariam a um ponto do Basaksehir na segunda colocação, a última que vale vaga na Liga dos Campeões. Entretanto, os visitantes não deram margem ao erro no Estádio Fatih Terim. O iluminado Adebayor apareceu pela primeira vez aos 11. Após passe de Márcio Mossoró, teve tempo de dominar com o peito e fuzilar sem ser incomodado. Já os outros dois fez de cabeça. Ao final, Mustafa Pektemek fechou a conta.

Graças ao triunfo, o Basaksehir abre seis pontos de vantagem em relação ao Fenerbahçe e sete sobre o Galatasaray. Só anda meio difícil perseguir o Besiktas, cinco pontos à frente. Neste final de semana, os alvinegros alcançaram uma vitória emocionante, batendo o Trabzonspor por 4 a 3, fora de casa. Em noite de duas viradas no placar, o gol decisivo saiu aos 46 do segundo tempo, com Atiba Hutchinson. Outro destaque foi Anderson Talisca, com um golaço de falta para o empate 15 minutos antes. O brasileiro, aliás, vem sendo um dos protagonistas da campanha e se mostra letal nas bolas paradas – são quatro tentos assim em 11 na temporada, dois deles nas últimas duas rodadas.