O Borussia Dortmund vê a sombra do Bayern de Munique há algumas rodadas, mas agora as coisas complicaram. O Bayern goleou o Borussia Mönchengladbach por 5 a 1, igualou o número de pontos do líder e ainda tirou um pouco da diferença de saldo, primeiro critério de desempate.

LEIA TAMBÉM: Em outra atuação sofrível, o Dortmund perde para o Augsburg e abre alas no topo da tabela

O Bayern foi avassalador. Em 11 minutos, marcou dois gols. Primeiro, aos dois minutos, Javi Martínez marcou 1 a 0 em um escanteio. Aos 11, Thomas Müller precisou chutar duas vezes para marcar e ampliou para 2 a 0. Com dois gols tão rápidos, o time bávaro teve a tranquilidade para controlar o jogo. Ou, ao menos, assim parecia. Porque aos 37 minutos, o Gladbach conseguiu diminuir com Lars Stindl. Parecia que teríamos um segundo tempo mais emocionante.

Só que logo a dois minutos do segundo tempo, Thiago Alcântara fez uma ótima jogada pelo meio e encontrou Robert Lewandowski dentro da área. O centroavante girou bem e chutou no alto, marcando 3 a 1. O jogo se estabilizou nos minutos seguintes.

Só que aos 30 minutos, a avalanche veio de novo. Primeiro, com gol de Serge Gnabry, ampliando para 4 a 1. Já era goleada. Aos 46 minutos, mais um gol, de pênalti: Lewandowski cobrou e marcou, depois de Kimmich ser derrubado. O placar de 5 a 1 foi importante não só pela confiança, mas porque o primeiro critério de desempate na Bundesliga é o saldo de gols.

Com a vitória, o Bayern chegou a 54 pontos, mesma pontuação do Dortmund, que perdeu na sexta para o Augsburg por 2 a 1. A vantagem do Dortmundo agora é apenas no saldo de gols, 31 a 29. Na próxima rodada, o Bayern recebe o Wolfsburg e o Dortmund recebe o Stuttgart.