O início de temporada do Leicester não é exatamente surpreendente, já que o time de Brendan Rodgers terminou a temporada passada muito bem e se reforçou ainda melhor. Só que o time tem um rendimento em campo que chama a atenção também porque lembra o que aconteceu na temporada 2015/16, quando acabou com o título. A campanha atual dificilmente acabará com a taça da Premier League, mas é para ficar de olho: é um time que pinta como candidato forte a brigar por uma das quatro vagas na Champions League. A vitória fora de casa sobre o Crystal Palace por 2 a 0 demonstrou uma força coletiva e também individual. Jamie Vardy, o goleador do ano mágico do título, marcou outra vez e assumiu a artilharia da liga inglesa.

Naquela temporada 2015/16, não havia concorrentes do nível que vemos desde 2017/18, quando o Manchester City de Pep Guardiola virou uma máquina de vencer. A disputa na temporada passada ficou restrita a um aproveitamento de pontos maluco de Manchester City e Liverpool e esta temporada dá pinta que o mesmo deve acontecer. Só que se para a conquista da taça a disputa tende a ficar entre dois clubes, as outras vagas no chamado top-4 estão em disputa. Ainda mais com o início de temporada ruim de Manchester United, Arsenal e Tottenham.

Neste domingo, mesmo jogando fora de casa, o Leicester de Brendan Rodgers foi mais uma vez muito bem. Diante de um time que se defendeu muito, sempre buscando os espaços para contra-atacar, o Leicester aproveitou as chances que teve para marcar. O primeiro gol, aos 12 minutos do segundo tempo, veio de um zagueiro, Çaglar Soyuncu, de cabeça, aproveitando a bola parada. E o jogo ficou assim até os minutos finais, quando o Crystal Palace ensaiava uma pressão.

Foi quando o Leicester trabalhou uma belíssima jogada e conseguiu matar o jogo. Maddison tocou para Tielemans, no lado esquerdo. Ele achou tocou na direção de Demarai Grey, que deixou a bola passar para Vardy. O centroavante tocou de primeira para Gray, que devolveu papra Vardy finalizar, de pé esquerdo, e marcar mais um: 2 a 0 para o Leicester. Aí sim, jogo definido, aos 43 minutos do segundo tempo.

Vardy, assim, assume a artilharia da Premier League com 10 gols em 11 jogos. Vai mostrando a capacidade goleadora que o mundo conheceu naquela temporada 2015/16, quando fez 24 gols em 36 jogos da Premier League que disputou. Aos 32 anos, Vardy tem sido um jogador de muito destaque.

Além dele, o time do Leicester tem jogado regularmente bem, com James Maddison, que virou jogador da seleção inglesa, Youri Tielemans mostrando o potencial que se imaginava. Além, claro, da defesa com Soyuncu e Jonny Evans (sim, aquele, ex-Manchester United), que vão jogando bem e fazendo com que o torcedor do Leicester nem sinta falta d o ótimo Harry Maguire.

Até onde vai o Leicester? É difícil saber, mas a experiência com os Foxes mostram que não é bom duvidar do potencial desse incrível time.

Standings provided by Sofascore LiveScore