Anunciado como reforço pelo Olimpia na última terça-feira, Emmanuel Adebayor desembarcou em Assunção nas primeiras horas desta sexta-feira. E o negócio com ares surreais, diante de toda a sua peculiaridade, gerou uma grande comoção entre os torcedores franjeados. Desde a madrugada, muita gente se reuniu para dar as boas vindas ao togolês em sua chegada ao Paraguai. Assim como se viu no Rio de Janeiro com Keisuke Honda, a vinda do veterano se tornou um pretexto para os olimpistas bradarem seu orgulho pelo clube.

Centenas de torcedores lotavam o saguão do aeroporto de Assunção. A torcida do Olimpia já tinha preparado novos cânticos a Adebayor, enquanto também aproveitou para tirar um sarro dos rivais do Cerro Porteño. O espaço diminuto era tomado por bandeiras e instrumentos, levando os franjeados à loucura. A transação traz poucas certezas esportivas, mas possui sua representatividade pela história do centroavante. O togolês receberá o maior salário já pago no Campeonato Paraguaio.

“Agora sou parte da família do Olimpia. Tenho que seguir o sonho e o objetivo, que é ganhar o que há na liga e o que há fora do país. Vamos desfrutar juntos, será um ano bonito”, declarou Adebayor, em suas primeiras palavras à torcida neste desembarque. O Olimpia é o atual tetracampeão paraguaio, tendo como o seu grande protagonista Roque Santa Cruz – antigo companheiro do togolês nos tempos de Manchester City. Segundo a imprensa paraguaia, Santa Cruz foi decisivo para convencer o centroavante de 35 anos a aceitar a proposta franjeada.

A apresentação de Adebayor acontecerá também nesta sexta-feira, em um evento restrito para os sócios do Olimpia – que, ainda assim, deverá lotar o Estádio Manuel Ferreira. O centroavante é mais uma contratação renomada dos alvinegros para 2020, após trazerem também Derlis González – que, mesmo sem emplacar no Brasil, possui sua reputação como jogador de seleção. O uruguaio Diego Polenta e o argentino Nicolás Domingo são outras novidades. O Olimpia está no Grupo G da Libertadores, o mesmo de Santos, Delfín e Defensa y Justicia.