O Leyton Orient venceu o Swindon Town, fora de casa, por 3 a 1 e assumiu a liderança da terceira divisão do futebol inglês. O principal acontecimento da partida no estádio County Ground, porém, foi um torcedor maluco que invadiu o gramado e começou a socar o rosto do goleiro Jamie Jones, por volta da metade do segundo tempo.

Dizer que ele socou o rosto do jogador, na verdade, é superestimar o boxe do rapaz de 26 anos, que praticamente errou todos os golpes, o que não atenua em nada a sua atitude. “Jamie está bem, mas isso é ultrajante. Ele precisa ser banido e nunca mais assistir a um jogo de futebol”, vociferou o técnico do Leyton, Russell Slade.

O Swindon Town prometeu que vai investigar e pretende banir o torcedor, que foi preso depois da agressão. O presidente do clube Jed McCrory também prometeu rever a fiscalização em volta do gramado para jogos futuros. A Associação de Futebol da Inglaterra vai avaliar o caso antes de decidir alguma punição ao clube mandante.

De qualquer forma, todo mundo deu uma bela sorte porque o invasor não era nenhum Rocky Balboa e ninguém se machucou.