O Mundial Sub-17 começou neste sábado com uma excelente média de gols. Foram 17 tentos distribuídos por quatro partidas ao longo da noite. E o destaque principal ficou exatamente ao Brasil, que fez as honras da casa no jogo de abertura contra o Canadá. A Canarinho não teve problemas para golear os oponentes por 4 a 1, com dois gols do meia João Peglow e ótima participação do ponta Gabriel Veron. Os brasileiros massacraram ofensivamente os canadenses e poderiam até ter registrado um placar mais elástico, não fossem as oportunidades perdidas.

A partida teve seus problemas. Chovia muito forte nos arredores do Bezerrão, o que afastou o público durante os primeiros minutos e atrasou a entrada no estádio. Além disso, pouco antes que a bola rolasse, a organização da competição pediu aos presentes que entrassem e se protegessem dos raios. Apesar disso, o pontapé inicial começou no horário previsto e o Brasil precisou de pouco tempo para abrir o seu show.

Ao longo do primeiro tempo, a Seleção finalizou 19 vezes. Um bombardeio, que rendeu o primeiro gol aos 17. Gabriel Veron fez grande jogada pela direita e cruzou para João Peglow bater no contrapé. O goleiro Marc Kouadio seguiu com bastante trabalho, embora o Brasil também pecasse na precisão. O segundo gol veio aos 44, em cruzamento de Kaio Jorge que Kobe Franklin mandou contra o patrimônio.

O Brasil voltou com tudo ao segundo tempo e anotou o terceiro logo no minuto inicial. A zaga afastou mal um cruzamento, para Peglow chutar firme. Já o quarto saiu com Gabriel Veron, que ganhou a dividida dentro da área e arrematou com estilo para tirar do goleiro. Depois disso, o time diminuiu o ritmo e o goleiro Matheus faria suas primeiras defesas. O Canadá descontou aos 40, num chute desviado de Jacen Russel-Rowe. Talles Magno ainda poderia ter feito o quinto, mas desperdiçou bons avanços.

No outro jogo da chave do Brasil, Angola venceu a Nova Zelândia por 2 a 1. Zini e Harry Bark (contra) marcaram para os Palancas Negras. Já pelo Grupo B, a Nigéria derrotou a Hungria por 4 a 2, de virada, enquanto Equador fez 2 a 1 sobre a Austrália. Neste domingo, o destaque fica para França x Chile no Estádio da Serrinha, em Goiânia.