O Estádio Olímpico recebeu o principal duelo do domingo na Serie A. A Roma tentava encurtar as distâncias em relação aos primeiros colocados, enquanto o Milan precisava aliviar sua crise. E, neste cenário, os giallorossi acabaram sendo mais felizes em sua empreitada. Com a participação decisiva de Zaniolo, a equipe da casa esfriou o bom início dos milanistas e se aproveitou dos erros adversários para conquistar a vitória por 2 a 1. Mais uma rodada de lamentação aos rossoneri.

Melhor durante o início da partida, o Milan teve uma boa chance com Rafael Leão, em chute que Pau López buscou no cantinho. Logo depois, aos 15, um gol de Lucas Paquetá seria anulado por impedimento. A Roma tentou responder com Javier Pastore, sem precisão. Com o passar dos minutos, a partida perdeu intensidade. E o crescimento dos giallorossi no fim do primeiro tempo valeu a vantagem inicial. Nicolò Zaniolo arriscou de longe e Gianluigi Donnarumma espalmou para fora. Na sequência, a cobrança de escanteio foi desviada no primeiro pau e Dzeko concluiu livre na segunda trave, inaugurando a contagem aos 38.

O gol animou a Roma, que não marcou o segundo por causa de Donnarumma, em grande defesa no mano a mano com Pastore. Já na volta ao segundo tempo, seria Chris Smalling a desperdiçar uma boa chance aos anfitriões. O Milan só recobrou suas forças aos dez minutos, com o gol de empate. Davide Calabria cruzou da direita e Theo Hernández apareceu na área. O lateral dominou a bateu rasteiro, no contrapé de Pau López.

Só que a alegria do Milan durou pouquíssimo. Três minutos depois, a Roma anotou o gol da vitória. Calabria errou a saída de bola, o corte ao passe de Dzeko foi apenas parcial e Zaniolo apareceu livre para definir na entrada da área. O garoto dominou e bateu no canto, sem chances a Donnarumma. A alternativa dos rossoneri estava nas bolas alçadas, o que não deu resultados. Os romanistas, inclusive, estiveram mais próximos do terceiro. Gianluca Mancini errou uma cabeçada livre e Donnarumma abafou Zaniolo dentro da área, enquanto Pastore teve um gol anulado. Os milanistas só assustaram no fim, mas faltou um pouco mais de precisão a Hakan Çalhanoglu.

O resultado é importante para a Roma na tabela. Depois de dois empates consecutivos na Serie A, o time se recupera e chega aos 16 pontos. Os giallorossi ocupam a quinta colocação, um ponto abaixo do Napoli. Já o Milan não tem sossego. As perspectivas não empolgam, mesmo com a troca no comando, e os rossoneri ocupam o modesto 13° lugar. Somam dez pontos, com três vitórias em nove rodadas, além de um saldo de gols negativo.

Classificações Sofascore Resultados