Os torcedores da Roma fecham 2019 empolgados. De um início pouco animador na temporada, o time ganha forma sob as ordens de Paulo Fonseca e se firma no G-4 da Serie A. Nesta sexta, os giallorossi encerraram sua participação no ano com sua sétima partida de invencibilidade. E de que maneira: dentro do Estádio Artemio Franchi, os romanistas implodiram a Fiorentina. Nicolò Zaniolo, Lorenzo Pellegrini e Edin Dzeko viveram uma jornada inspiradíssima para comandar a goleada por 4 a 1. Ironicamente, há grandes chances de que o resultado custe o emprego do antigo ídolo Vincenzo Montella, atual treinador da Viola.

Até parecia que a Fiorentina poderia abrir a contagem logo cedo. Dusan Vlahovic dava muito trabalho e o goleiro Pau López logo seria solicitado a trabalhar. De qualquer maneira, a Roma não demorou a responder e a anotar o primeiro gol, aos 19. Trabalho brilhante de Pellegrini, que limpou a marcação redobrada na entrada da área para descolar um lindo passe por elevação. Zaniolo ajeitou e Dzeko ficou com a meta aberta para completar. Dois minutos depois, o segundo veio em cobrança de falta perfeita de Aleksandar Kolarov. Já aos 34, Milan Badelj apareceu livre na área para descontar para a Fiorentina.

O jogo se mostrava suficientemente aberto e os dois times passaram a criar oportunidades de marcar. Porém, a Roma se tornaria mais dominante e transformaria a vitória apertada em goleada. Aos 28, Pellegrini deixou o dele. O meia tabelou com Dzeko e recebeu uma devolução na medida, para bater de primeira da entrada da área. Por fim, Zaniolo matou o jogo num contragolpe. Dzeko novamente deu a assistência e o garoto arrancou livre, antes de invadir a área e chutar no contrapé do goleiro. Antes do fim, a Fiorentina tentaria descontar e Vlahovic acertou o travessão, mas o placar permaneceu intacto.

O clima na Viola é de despedida e os próprios dirigentes indicam a saída de Montella, por mais que a informação não seja oficial. Após muito prometer no mercado, a Fiorentina ocupa o decepcionante 14° lugar, com 17 pontos, quatro acima da zona de rebaixamento. São cinco derrotas nas últimas seis rodadas. Situação completamente oposta vive a Roma, com quatro vitórias em seus últimos cinco compromissos pela liga. O time segue firme na quarta posição. Abre seis pontos de vantagem sobre o Cagliari, logo abaixo, enquanto seca a rival Lazio, um ponto acima. Cada vez mais os giallorossi se candidatam a voltar à Champions.

Classificações Sofascore Resultados