Alavés e Valladolid encaram a reta final do Campeonato Espanhol com objetivos bastante distintos. Os alviazuis chegaram a ocupar a zona de classificação à Champions, mas ainda têm a chance de retornar à Liga Europa, o que já seria um feito e tanto. Enquanto isso, os violetas tentam fugir do risco de rebaixamento. Nesta sexta-feira, ambos abriram a rodada do Campeonato Espanhol. E embora o empate por 2 a 2 tenha sido agridoce, o duelo guardou um dos lances mais bizarros da temporada.

A bobeira aconteceu logo aos três minutos. Começou, sabe-se por qual motivo, com um recuo no qual Borja Fernández virou o rosto ao lançar para o goleiro. A bola foi ruim e Yoel Rodríguez teve que se esforçar para evitar o escanteio. Contudo, o goleirão do Valladolid também não se ajudou. Na hora de repor a bola, adiantou demais e acabou facilitando para John Guidetti. O centroavante deu um carrinho e bloqueou o chute do arqueiro, que sequer viu a aproximação do adversário. Balançou as redes para o Alavés. Difícil dizer de quem foi a melhor reação depois, entre a revolta de Yoel, as mãos na cintura de Borja e a cara de bobo do técnico Sergio González.

Ao menos o erro não custaria tão caro ao Valladolid. Jony chegou a ampliar para o Alavés em Mendizorroza, mas os violetas descontaram com Joaquín Fernández antes do intervalo e o empate foi garantido por Enes Ünal, a 15 minutos do fim. Enquanto os bascos aparecem na oitava colocação, a três pontos da zona de classificação à Liga Europa, os pucelanos estão fora da zona de rebaixamento graças aos critérios de desempate.