Ainda é cedo para fazer qualquer afirmação mais assertiva, mas o RB Leipzig começou a sua campanha na Bundesliga com ótimas perspectivas. Julian Nagelsmann somou seis pontos em suas duas primeiras rodadas à frente dos Touros Vermelhos. Além de cumprir sua parte contra o Union Berlim na estreia, com uma goleada indiscutível, o time conquistou um triunfo importante na Red Bull Arena durante este domingo, ao bater o Eintracht Frankfurt por 2 a 1. E as boas notícias não pararam por aí. Timo Werner, além de anotar o primeiro gol, também pôs fim nas especulações quanto ao seu futuro. Pretendido sobretudo pelo Bayern de Munique, o atacante renovou seu contrato com o Leipzig até 2023.

O momento do RB Leipzig não é apenas de adaptação às ideias de seu novo treinador. É também de afirmação, entre a chegada de um novo comandante carregado de expectativas e a fase da carreira de diversos protagonistas do elenco. Nomes como Werner, Yussuf Poulsen e Emil Forsberg não podem mais ser tratados como promessas. Após três temporadas na primeira divisão da Bundesliga, eles se tornam os “medalhões” em busca de campanhas cada vez mais consistentes. Assim, a permanência de Werner assevera o seu compromisso com o presente do clube.

Ao longo dos últimos meses, muito se discutiu sobre o atacante. Caso não renovasse o seu contrato, Werner poderia sair de mão beijada durante a próxima temporada. O Bayern colocava o alemão como prioridade e os rumores permaneceram fortes, enquanto Liverpool e Atlético de Madrid eram outros interessados. Obviamente, a renovação não impede a saída do jogador em breve, mas esfria as conversas momentâneas. Não haverá o mesmo temor quanto a sombra de outros gigantes no mercado.

Segundo a revista Kicker, a cláusula de rescisão no novo acordo é de apenas €30 milhões, ainda bastante acessível, por mais que não deixe a Red Bull de mãos abanando. O valor baixo se explica pela situação favorável a Werner na mesa de negociações. Assim, ele não perde totalmente o poder de barganha que teria se saísse de graça e poderá negociar um salário mais alto quando desejar se transferir. Por outro lado, a escolha do atacante também reitera a sua vontade de auxiliar o Leipzig no curto e médio prazo. De fazer mais neste início de trabalho de Nagelsmann, enquanto o time tentará se colocar de vez como um candidato aos títulos na Alemanha.

E o sinal mais visível de sua postura aconteceu em campo, durante a boa atuação de Werner contra o Eintracht Frankfurt. Com participação em ambos os gols, Poulsen terminou como o melhor em campo. Nada que diminua a importância do alemão, atuando aberto pelo lado esquerdo no 3-4-3 utilizado por Nagelsmann durante estas primeiras rodadas. Ao retomar a posição original de sua carreira, o atacante contribui com sua velocidade e com sua capacidade de partir para cima dos defensores, mas sem perder o poder de decisão. Anotou o primeiro gol numa bela finalização, mesmo desperdiçando outras duas boas chances de fazer o segundo.

“Estou feliz em assinar com o Leipzig e renovar o meu contrato. Logicamente, esse processo aconteceu durante um longo período, mas eu realmente queria estar confiante de que posso dar os próximos passos no desenvolvimento do clube. Você precisa de um pouco mais de tempo para tomar as decisões corretas. Agora posso me concentrar em jogar o máximo com esta equipe”, declarou o atacante, que também recebeu um aumento salarial. Aos 23 anos, porém, Werner mantém as portas abertas para viver o auge de sua carreira em outras agremiações. Diante daquilo que os Touros Vermelhos poderiam perder, parece um bom trato.

“Estamos satisfeitos que as negociações com Timo Werner agora chegaram a um final positivo para o clube e que ele decidiu estender o seu contrato conosco. Tivemos conversas intensas durante um longo período de tempo. Timo se manteve atento e valorizou o que oferecemos para ele. Ficamos contentes que agora temos clareza sobre o vínculo. Ele continua sendo parte importante de nosso time”, avaliou Oliver Mintzlaff, diretor do Leipzig, neste domingo. Não deixa de ser um reforço ao futuro próximo na Red Bull Arena.

Tranquilidade talvez seja a palavra mais importante diante da notícia. Enfim, o RB Leipzig pode se afastar da discussão e Werner deixa de ser sofrer questionamentos. A demora na renovação não tinha feito o atacante cair de rendimento. Pelo contrário, ele recuperou seu futebol durante a temporada passada, mesmo depois do fiasco com a Alemanha na Copa do Mundo. Agora, o ambiente favorece para entregar seu melhor aos Touros Vermelhos. O início da Bundesliga promete bastante neste sentido, com o protagonismo que o jovem terá sob as ordens de Nagelsmann. E a renovação de seu contrato também indica como ele confia no que o treinador poderá fazer à frente do Leipzig. Há um pacto firmado.