A torcida da Ponte Preta já aproveita o 11 de agosto para comemorar todos os anos. E a data, que marca a fundação do clube em 1900, garantiu mais um motivo de festa em 2019. Na manhã deste domingo, a Macaca recebeu o Guarani no Moisés Lucarelli e renovou sua hegemonia no Derby Campineiro. Diante de 16 mil nas arquibancadas, os ponte-pretanos corresponderam e garantiram a vitória por 1 a 0, pela Série B do Brasileirão.

Em um clássico equilibrado, a Ponte Preta garantiu a vitória a partir de uma cobrança de lateral inteligente. Marquinhos fez a jogada na linha de fundo e, após deixar o marcador no chão, passou para Matheus Vargas guardar. Durante o segundo tempo, a Macaca se resguardou um pouco mais e evitou qualquer tipo de reação do Guarani. O resultado é fundamental: após cinco rodadas sem vencer, os ponte-pretanos voltam a escalar na tabela da segundona.

Além disso, a Ponte Preta alarga o jejum do Guarani no Derby. A última vitória oficial dos bugrinos aconteceu em 2012. Tudo bem que os anos em que ambos estiveram em divisões diferentes, no Brasileiro e no Paulistão, inflacionam para a marca. Ainda assim, a Macaca venceu quatro encontros e empatou outro desde então. No Moisés Lucarelli, a invencibilidade contra os rivais se mantém desde 2009.

A Ponte Preta ocupa a sétima colocação da Série B, com 23 pontos, a um ponto da zona de acesso. Já o Guarani atravessa um momento péssimo. Apesar da reação recente, segue na zona de rebaixamento, na penúltima colocação. Mais motivos para a comemoração intensa que aconteceu no Moisés Lucarelli.