Uma das principais virtudes de Antoine Griezmann é criar chances de gol quando poucos esperam. Característica do jogo do francês que acaba sendo decisiva para o Atlético de Madrid. Desta maneira, o camisa 7 salvou um pontinho para os colchoneros na rodada de La Liga. Anotou um golaço de fora da área, buscando o empate por 1 a 1 contra o Deportivo de La Coruña no Estádio Riazor. O tropeço, todavia, só não ajuda muito a situação do time de Diego Simeone na tabela, com dificuldades de se aproximar dos líderes.

De volta ao time na derrota para o Barcelona, Jan Oblak realizou boas defesas na Galícia. Entretanto, também falhou no gol que deu a vantagem ao Depor. Um tiro de meta mal cobrado resultou no tento de Florin Andone, aos 13 minutos. Depois disso, o Atleti demorou a voltar ao jogo. Apenas aos 23 do segundo tempo é que buscou o empate. Jogada mágica de Griezmann. De primeira, o artilheiro acertou um chutaço do meio da rua, encobrindo o goleiro Germán Lux. O argentino ainda evitou a virada, em grande defesa para impedir o arremate de Fernando Torres.

O centroavante, aliás, deu um grande susto nos minutos finais. Após disputa pelo alto com Bergantiños, Torres caiu no gramado desacordado. Os companheiros correram para tentar auxiliá-lo, enquanto a equipe médica realizou os primeiros socorros. O camisa 9 saiu de maca, com o pescoço imobilizado, aplaudido pelos torcedores do Depor. Após conferir a situação do atleta, o assistente Germán Burgos fez um sinal de positivo, para tranquilizar os seus jogadores. Mas, sem clima, o empate prevaleceu. O clube informou posteriormente que Torres deixou o estádio para exames em um hospital, consciente, e passará a noite em observação.

Com o resultado, o Atlético de Madrid permanece na quarta posição, só um ponto à frente da Real Sociedad. Enquanto isso, vê os três primeiros colocados abrirem ao menos nove pontos. Já o Depor é o 17°, um ponto acima da zona de rebaixamento, mas com uma partida a menos que os concorrentes.