A um dia do início da temporada 2020/21, a Premier League anunciou nesta sexta-feira (11) a sua nova música de abertura. A composição é bastante diferente da anterior, que marcou as transmissões dos últimos quatro anos.

Gravado e produzido em diversos estúdios no Reino Unido, incluindo o icônico Abbey Road Studios, em Londres, o novo som oficial da Premier League foi liderado pelo compositor britânico Dave Connolly, que trabalhou em conjunto com um grupo de 83 músicos e técnicos, incluindo uma orquestra e um coral gospel.

Segundo uma nota oficial publicada no site da liga, a composição foi criada em um processo que durou, ao todo, nove meses. No fim, Will Brass, diretor comercial da Premier League, destacou o apoio da competição à indústria musical britânica, expresso por meio desta criação.

“Estamos orgulhosos de ter juntado uma gama de talento tão diversa e de alto calibre para criar esta faixa, mostrando nosso apoio à indústria musical do Reino Unido. O hino captura o drama e a emoção de um dia de jogo da Premier League, e esperamos que ele em breve se torne instantaneamente reconhecível para os torcedores ao redor do mundo”, torceu Brass.

Com tanto trabalho e tanto tempo por trás deste projeto, é de se imaginar que o objetivo seja, em algum momento, alcançado. Mas, por ora, a primeira impressão pode não ser exatamente esta.

O som anterior da Premier League tinha um caráter bem distinto e veio acompanhado de uma nova identidade visual da liga, em um pacote rapidamente reconhecível para o fã do futebol inglês. A nova composição, por sua vez, soa bem mais genérica do que o hino anterior. Resta ver se, em algum momento, será acompanhada também de sua própria nova identidade visual. Por enquanto, não há informações neste sentido.

E você, o que achou? A nova música vai pegar ou seria melhor ter continuado com a versão anterior?