A noite desastrosa do goleiro da Inter deixou a classificação nas mãos do Wolfsburg

Carrizo errou nos três gols do Lobo, mas Roberto Mancini também teve culpa na derrota dos italianos na Alemanha

A Internazionale não vai bem na Serie A, ocupando apenas a nona colocação. Por isso mesmo, os nerazzurri apostavam todas as suas fichas no que o clube poderia fazer na Liga Europa. Mas já podem começar a repensar os seus planos. Afinal, a classificação às quartas de final ficou difícil depois do primeiro encontro com o Wolfsburg. Os italianos perderam de virada na Volkswagen Arena, por 3 a 1. E a culpa pela derrota pode ser compartilhada entre o goleiro Juan Pablo Carrizo e o técnico Roberto Mancini.

LEIA MAIS: Totti enviou uma carta sensacional para desejar melhoras a torcedor após acidente

O mais surpreendente é que a Inter teve um excelente início de partida. Os visitantes abriram o placar aos cinco minutos, a partir de uma roubada de bola que Palacio completou para as redes. E os interistas continuavam criando boas oportunidades de gol, ameaçando os Lobos em jogadas rápidas no ataque.

O jogo começou a mudar a partir dos 25 minutos. Encontrando mais espaços, o Wolfsburg chegou ao empate com Naldo, completando de cabeça o escanteio cobrado por Kevin De Bruyne. O primeiro erro de Carrizo, que não conseguiu espalmar a bola que foi em direção às suas mãos. A desgraça do goleiro reserva, que fez muitos torcedores questionarem a opção de Roberto Mancini, deixando Samir Handanovic no banco – ainda que o argentino viesse como titular na Liga Europa.

O segundo tempo foi ainda pior para Carrizo. Aos 18 minutos, o goleiro entrou a bola nos pés do ataque do Wolfsburg e De Bruyne confirmou a virada. Depois, o belga ainda anotaria o seu terceiro gol, em uma cobrança de falta sem força que o goleiro tentou adivinhar o campo. Tarde demais para qualquer reação, e ainda pior depois das substituições de Mancini. Quando o jogo ainda estava empatado, o técnico tirou Hernanes, bem em campo, para a entrada de Nemanja Vidic. Nem o zagueiro a mais evitou o fiasco.

Obviamente, a Inter ainda tem chance de reverter o resultado em Milão. Mas o favoritismo, que já era do Wolfsburg, se reforça ainda mais. Resta saber se Mancini apostará mais uma vez em Carrizo ou se queimará o goleiro. E também se ele mesmo não tomará decisões tão erradas para tentar buscar a classificação, que vale tanto.