No estádio San Siro, o relógio marcava 47 minutos do segundo tempo do Derby della Madonnina, quando Mauro Icardi marcou o gol da vitória da Internazionale por 1 a 0. O detalhe da jogada é que, antes de completar às redes, o argentino movimentou-se em direção à primeira trave, fazendo tanto o seu marcador, Mateo Musacchio, quanto o goleiro Gianluigi Donarumma, acharem que o cruzamento de Vecino era curto. Não era. A bola encontrou com sua cabeça na segunda trave, onde ele estava totalmente livre.

Sem encostar na bola, apenas com a linguagem corporal, Icardi driblou seus adversários para decidir um dos clássicos mais importantes da Europa. Nenhuma novidade para o argentino, que fazia isso desde os tempos em que trabalhava nas categorias de base do Barcelona. Sim, Icardi passou por La Masia até sair para a Sampdoria, em 2011, porque acreditava que o estilo dos catalães não era compatível com seu futebol.

Na próxima quarta-feira, Icardi reencontrará o seu ex-clube, pela fase de grupos da Champions League, e, para celebrar a ocasião, o Barcelona publicou em suas redes um vídeo com gols do atacante vestindo o azul-grená. E, logo no primeiro, Icardi executa a mesma movimentação em direção à primeira trave antes de cabecear na segunda. A movimentação que serviu para derrotar o Milan, no último domingo.

.