As ligas nacionais chegaram ao fim, mas não nos deixaram de mãos abanando. Os playoffs de acesso/rebaixamento seguem apresentando grandes emoções, como nesta terça-feira, na Holanda. O RKC Waalwijk conseguiu sua quarta promoção à Eredivisie depois de uma vitória insana por 5 a 4 sobre o Go Ahead Eagles.

O jogo de ida havia sido 0 a 0. Ainda no primeiro tempo, o Waalwijk, visitante, abriu 2 a 0, com Emil Hansson, de pênalti, e uma bomba fora da área de Stijn Spierings, aproveitando o erro de saída de bola da defesa do Eagles. Em outro pênalti, Jeroen Veldmate descontou, antes do intervalo.

Durante o descanso, um susto: o médico do Waalwijk sofreu um ataque cardíaco. Foi ressuscitado ainda em campo e levado ao hospital. Não corre risco de vida e está em condição estável.

Em menos de 20 minutos de segundo tempo, o Go Ahead Eagles conseguiu a virada, com Richard van der Venne batendo de fora da área. Istvan Bakx fez o terceiro com um chute cruzado. Aos 34 da etapa final, Hans Mulder empatou em 3 a 3.

A insanidade começou, de verdade, quando os acréscimos se aproximaram. Pieter Langedijk fez 4 a 3 para o Go Ahea Eagles, aos 44 minutos do segundo tempo, encaminhando bem a vaga na Eredivisie. Certo?

Não. Aos 50, Spierings marcou novamente, com um belo chute da entrada da área. O gol já dava a vaga ao Waalwijk, cuja última participação na Eredivisie foi em 2013/14, mas Mario Bilate, de pênalti, ainda garantiu a vitória.

A outra vaga dos playoffs ficou com o Sparta Roterdã, que ganhou do De Graafschap, fora de casa, por 2 a 0, depois perder o jogo de ida por 2 a 1.

.