A LDU Quito deu um passo enorme em busca das quartas de final da Copa Libertadores. Os Albos construíram uma excelente vantagem no primeiro duelo contra o Olimpia, nesta terça, fazendo valer o mando de campo no Estádio Casa Blanca. Superior durante boa parte do encontro, a equipe equatoriana saiu em vantagem no placar e soube reagir quando os paraguaios buscaram o empate. Ao final, a vitória por 3 a 1 oferece uma situação cômoda para o reencontro no Defensores del Chaco.

A partida marcou a reestreia de Antonio Valencia na Libertadores. Grande reforço da LDU para a sequência da campanha, o veterano não disputava o torneio continental desde 2004, quando estava no El Nacional. Atuou na lateral direita, sua posição costumeira nos últimos tempos de Manchester United. Durante o primeiro tempo, a LDU construiu a vitória parcial. O gol saiu aos 12 minutos, com ótimo passe de Jefferson Orejuela para José Ayoví arrematar. Os Albos criaram chances para ampliar, mas o Olimpia teve um gol anulado após conferência no VAR.

A LDU também veria um gol cancelado pela tecnologia na volta para o segundo tempo. E a situação dos equatorianos pareceu se complicar aos 16 minutos, graças a um belo chute de Rodrigo Rojas, que valeu o empate ao Olimpia. Porém, o time da casa reagiu nos 20 minutos finais e saiu com a vitória. O segundo gol saiu aos 28, em jogada de Anderson Julio para o seu irmão Jhojan marcar. Por fim, Rodrigo Aguirre fechou a conta aos 40. Valencia rolou a cobrança de falta e o atacante encheu o pé, contando com a colaboração do goleiro Librado Azcona.

O Olimpia vem em um bom momento e a pressão no Defensores del Chaco deve ser grande. Ainda assim, não se nega o belo resultado da LDU neste primeiro confronto. Os Albos também atravessam uma fase competitiva e souberam aproveitar sua força no Casa Blanca, onde não costumam desperdiçar pontos. É um passo grande visando as quartas de final.