A Lazio de Immobile empilha mais uma vítima, atropelando a Spal antes mesmo do intervalo

Biancocelesti estendem sequência invicta, com a ajuda de dois gols do artilheiro da Serie A

Enquanto todos os olhos se voltavam para Juventus e Inter na briga pelo título da Serie A, a Lazio foi, gradativamente, ganhando consistência e desenvolvendo seu próprio futebol. A esta altura da temporada, no começo de fevereiro, não dá para se falar em uma disputa pelo Scudetto sem incluir os Biancocelesti. O mais recente exemplo disso veio neste domingo, com a equipe de Simone Inzaghi atropelando a Spal, com um 5 a 1 construído quase todo só no primeiro tempo.

[foo_related_posts]

Como em toda a campanha até aqui, o grande nome foi Ciro Immobile. Logo aos três minutos, após bola levantada na área e desviada na primeira trave, o centroavante apareceu no segundo pau para fazer 1 a 0. O segundo gol veio em contra-ataque rápido, aos 16 minutos. Uma troca de passes envolvente entre Immobile, Caicedo e Luis Alberto terminou com a bola na ponta direita, com Immobile. O atacante acertou a trave na finalização, mas Caicedo pegou o rebote para fazer 2 a 0.

Em mais uma demonstração da grande fase que vive, Immobile recebeu a bola perto do círculo central, driblou a marcação, passou pelo goleiro e, se vendo sem espaço, driblou o arqueiro mais três ou quatro vezes; de fora da área, sem ângulo, finalizou e encobriu um defensor da Spal para ampliar o placar aos 29 minutos.

Por fim, em uma exibição do entrosamento que desenvolveram, Caicedo e Immobile se movimentaram bem no ataque, tabelaram, e o equatoriano fez o quarto gol, aos 38 minutos da primeira etapa.

Logo no começo do segundo tempo, Inzaghi foi forçado a mexer, com Caicedo sentindo uma lesão. Deu espaço então a Bobby Adekanye. O nigeriano, que chegou à Itália vindo da base do Liverpool, precisou de menos de dez minutos para também deixar o seu, o primeiro com a camisa da Lazio em três jogos na Serie A. Aos 20 minutos da etapa final, Missiroli diminuiu para a Spal, fechando o placar em 5 a 1.

Standings provided by Sofascore LiveScore

Além do grande futebol, expressado por meio da velocidade dos ataques, da incisividade dos passes e pelo bom entrosamento entre seus jogadores de ataque, a Lazio comemora aqui a continuidade de sua enorme sequência invicta na Serie A. Já são 17 jogos sem perder, e os números dentro dessa série são também impressionantes.

O time da capital italiana balançou as redes 45 vezes nessas 17 partidas, uma média de 2,64 por jogo. No mesmo período, foi vazado 16 vezes. Pegando um recorte mais específico, das últimas 13 partidas, o retrospecto é fantástico: 12 vitórias e um empate, o 1 a 1 no clássico com a Roma.

Individualmente, Immobile vai vivendo sua melhor temporada na carreira. Com os dois tentos deste domingo, chegou a 25 gols em 21 jogos, liderando com sobra a artilharia do Italiano, com seis a mais que o vice-artilheiro, Cristiano Ronaldo. Em sua melhor temporada até aqui na Serie A, o atacante fez 29 gols em 33 jogos, na temporada 17/18. Mais do que isso, Immobile igualou um número histórico: apenas Angelillo, em 1959, havia feito 25 gols em suas 21 primeiras partidas no Campeonato Italiano.

Com essas credenciais, a Lazio reforça sua candidatura ao título e, no momento, parece até mesmo uma ameaça maior à Juventus do que a Internazionale de Antonio Conte, que liderou o campeonato em 11 das 21 rodadas em que já atuou.

A Lazio é a segunda colocada da Serie A, provisoriamente, com 49 pontos, cinco a menos que a líder Juve. Os laziale, no entanto, têm um jogo a menos, e dois pontos é o tipo de vantagem que não dá segurança a ninguém.