A menos de uma semana do reencontro decisivo com o Atlético de Madrid na Liga dos Campeões, o pensamento da Juventus é um só: reverter em Turim o placar desfavorável sofrido na ida. Desta maneira, Massimiliano Allegri preferiu escalar um time recheado de reservas nesta sexta-feira, pela Serie A. Um substituto em especial aproveitou muito bem a oportunidade no Allianz Stadium: Moise Kean. O garoto de 19 anos fez uma partidaça, demolindo a Udinese. Anotou dois gols de puro talento e ainda sofreu um pênalti, determinante para a goleada por 4 a 1. Mostrou que merece mais chances na equipe bianconera.

É necessário dizer que a Udinese foi presa fácil, em uma partida nula. Porém, não é isso que diminui a atuação magistral de Kean. O centroavante abriu o placar aos 11 minutos, com a ajuda providencial de Alex Sandro. O lateral roubou a bola na intermediária e arrancou, até cruzar rasteiro. Então, Kean se meteu entre os zagueiros e se esticou na pequena área para concluir. Só dava Juve, até que o grande tento da noite saísse, aos 39. Lance de pura magia do garoto. Kean interceptou um passe nos arredores do círculo central e disparou até a entrada da área. Diante da marcação, deu a entender que faria o passe, mas na verdade pedalou sobre a bola e abriu o caminho à sua frente. Com o bico da chuteira, finalizou no canto da meta de Juan Musso. Golaço que mais lembra o futebol dos anos 90, por toda a maneira como a jogada se desenrolou.

A única notícia ruim para a Juventus no primeiro tempo veio com a lesão de Andrea Barzagli, justamente ao retornar após quatro meses parado. E o clima no estádio também era diferente. Os ultras faziam um protesto silencioso por conta do preço dos ingressos e entraram em conflito com os demais torcedores, numa guerra de palavras. Nada que tenha afetado a atuação dominante da Velha Senhora dentro de campo. Aos 22 do segundo tempo, mais uma ótima jogada de Kean, que sofreu pênalti. Emre Can converteu. Como se não bastasse, quatro minutos depois saiu o quarto, em cruzamento de Rodrigo Bentancur para Blaise Matuidi completar de cabeça. Por fim, Kevin Lasagna fez o gol de honra da Udinese.

A vitória valeu mesmo pelos testes, já que a conquista da Serie A parece apenas uma questão de tempo. A Juventus abre provisoriamente 19 pontos de vantagem sobre o Napoli, segundo colocado, que entra em campo no domingo. A Udinese, por sua vez, ainda corre riscos e soma sete pontos acima da zona de rebaixamento. Em Turim, o trabalho se volta à Champions agora. E com o sinal de que, se a situação apertar, Kean pode ser uma alternativa.