Filipe Luís é um lateral que se destaca por seus predicados defensivos. A disciplina tática e o empenho do catarinense valem demais ao Atlético de Madrid. Entretanto, o camisa 3 também tem ressaltado sua veia ofensiva nas últimas semanas. As aparições do defensor no ataque vem sendo primordiais ao time de Diego Simeone, com uma assistência e dois gols nas últimas cinco rodadas do Campeonato Espanhol. Coincidência ou não, os colchoneros acumulam cinco vitórias consecutivas na competição. Nesta terça, o lateral decidiu o confronto com a Real Sociedad, anotando o tento no triunfo por 1 a 0 no Estádio Vicente Calderón.

Desde que chegou ao Atleti, descontando-se a passagem pelo Chelsea, Filipe Luís marcou cinco gols em 186 partidas por La Liga. Três nas primeiras 184 aparições. No final de semana, o camisa 3 fechou a contagem contra o Málaga, tocando de cavadinha na saída de Carlos Kameni. Já nesta terça, ele parece ter pegado gosto pela coisa: finalizou quatro vezes, menos apenas que Fernando Torres entre os jogadores em campo, além de ter criado três ocasiões para os seus companheiros arrematarem. E isso sem negligenciar as suas obrigações atrás. Aos 28 minutos do primeiro tempo, o brasileiro deixou sua marca. Em tabela envolvente pelo lado direito da defesa da Real Sociedad, completou para as redes.

Instrumental para Diego Simeone na trajetória do treinador pelo Calderón, Filipe Luís costuma primar pela extrema regularidade. Melhor para os colchoneros que a boa fase do defensor eleve a sua curva de desempenho. O clube assume isoladamente a terceira colocação, aguardando a visita do Sevilla ao Barcelona nesta quarta, e já abre dez pontos de vantagem na zona de classificação à Liga dos Campeões. A série de cinco vitórias é a maior do Atleti desde a temporada passada. Crescimento providencial, às vésperas do clássico contra o Real Madrid e dos duelos com o Leicester pela Champions.