A final da Copa do Nordeste representa o sonho de dois clubes tradicionais do futebol brasileiro. Fortaleza e Botafogo-PB têm a chance de conquistar o título inédito, na primeira decisão de ambos na história da competição. Pois o primeiro encontro das finais, ocorrido nesta quinta-feira, ofereceu um clima extremamente vibrante nas arquibancadas do Castelão. A torcida do Leão do Pici abraçou o time e o empurrou em busca da vantagem inicial. Apoio correspondido em campo, com a vitória do time de Rogério Ceni. O gol de Wellington Paulista, definindo o triunfo por 1 a 0, garante uma boa vantagem para o reencontro no Almeidão durante a próxima semana.

A bola nem precisou rolar para a final da Lampions League viver seu espetáculo. Como de praxe nos últimos tempos, a torcida do Fortaleza realizou um mosaico impressionante durante a entrada dos times em campo. A cantoria tomava a atmosfera do estádio, com a participação da massa tricolor. Enquanto isso, as tribunas se coloriam, até que um enorme leão aparecesse em forma de bandeirão. Vestido de Lampião, segurava a “orelhuda” do Nordestão, ao lado das taças da Série B e do Cearense. Uma clara mensagem aos jogadores.

Dentro de campo, o Fortaleza dominou a peleja, mas encontrou dificuldades. O Botafogo estava disposto a segurar o resultado e se protegeu bem na defesa, concedendo poucos espaços ao Leão do Pici. Os tricolores tentaram apertar o passo durante o segundo tempo, apesar dos erros nas conclusões. Acabaram premiados com o gol decisivo aos 33 minutos. Após passe de Felipe, Edinho chegou à linha de fundo e cruzou para Wellington Paulista. Livre dentro da área, o centroavante só teve o trabalho de escorar. Enlouqueceu a torcida no Castelão.

O reencontro está marcado para a próxima quarta-feira, dia 29. O Fortaleza terá a vantagem do empate, enquanto o Botafogo contará com o apoio de sua torcida no Almeidão. A promessa é de outro duelo parelho, considerando o bom momento e as campanhas de ambos os clubes. Será a festa grandiosa que a Lampions League merece.