A Fifa sorteou os grupos das Eliminatórias na África e já se sabe que camisas pesadas ficarão pelo caminho

A Confederação Africana de Futebol realizou nesta terça-feira o sorteio dos grupos para a segunda fase das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. E, no qualificatório mais difícil ao Mundial, já se sabe que uma e outra seleção tradicional ficarão pelo caminho. Nesta etapa das Eliminatórias, serão formados dez quadrangulares, nos quais apenas os líderes avançarão à fase seguinte. Alguns clássicos se formaram logo de cara.

A primeira fase, disputada em mata-matas simples, não teve grandes surpresas. Porém, as principais seleções africanas ainda não tinham entrado na disputa. A segunda fase é a primeira que inclui todos os pesos pesados do continente. A maior preocupação se dava com o Pote 2, que guardava equipes com tradição e/ou craques dignos de Pote 1. Costa do Marfim, Guiné, África do Sul, Burkina Faso, Zâmbia e Gabão eram alguns dos times que as bolinhas trariam aos cabeças-de-chave.

Se não dava para escapar de um adversário difícil, Camarões terá o maior trabalho ao cruzar com os marfinenses no Grupo D, no qual Moçambique e Malauí correm por fora. Gana x África do Sul será outro embate de respeito no Grupo G, enquanto Pierre-Emerick Aubameyang e seu Gabão serão obstáculos no caminho do Egito de Mohamed Salah. Vale ainda mencionar o Argélia x Burkina Faso no Grupo A, o duelo mais equilibrado levando-se em conta o ranking, bem como o Marrocos x Guiné no Grupo I.

As Eliminatórias da Copa de 2022 na África deveriam começar em março, mas a alteração nas datas da CAN 2021 atrasou o início do torneio para outubro de 2020. Os líderes dos quadrangulares ainda precisarão disputar a terceira fase. Nesta etapa, serão organizados cinco mata-matas em ida e volta, nos quais apenas os vencedores irão ao Catar. A famosa pedreira, onde já não dá muito para escolher adversário.

Abaixo, os grupos da segunda fase: