A chegada de Luis Enrique parece ter feito muito bem à seleção espanhola. A impressão inicial na Data Fifa anterior foi ótima, sobretudo pela goleada por 6 a 0 em cima da Croácia. E nesta quinta, o treinador emendou o seu terceiro triunfo à frente da Roja. Goleada por 4 a 1 sobre Gales, em amistoso que contou com o domínio dos visitantes em Cardiff. O grande nome da noite, aliás, mantém o desempenho excepcional já visto em seu clube. Paco Alcácer havia feito sete gols em suas sete primeiras finalizações no alvo com o Borussia Dortmund. Já desta vez, foram mais dois arremates certos e mais dois tentos para a conta. Fase impossível que valeu demais ao placar.

Alcácer firmou parceria com Morata na linha de frente e mostrou como a ausência de Diego Costa não foi sentida. O primeiro gol do centroavante aconteceu aos oito minutos, dominando na entrada da área e mandando no ângulo. Dez minutos depois, Sergio Ramos (bastante vaiado pela torcida da casa) ampliou de cabeça. Já aos 29, aproveitando uma bobeira da zaga, Alcácer foi oportunista e voltou a celebrar. No segundo tempo, entre várias trocas, Marc Bartra escancarou a goleada com mais um de cabeça. Sem Gareth Bale, o time de Ryan Giggs descontaria apenas aos 44, com Sam Vokes testando para as redes. Além de Alcácer, outro elogiado na partida foi Rodri. Em excelente início no Atlético de Madrid, o volante ganhou uma oportunidade como titular e ajudou a controlar o setor.

O mais importante neste momento para Luis Enrique são os testes. E eles têm mostrado que a Espanha possui um amplo leque de opções para a sequência do ciclo, com jogadores que vêm correspondendo. Mais uma boa oportunidade acontece na próxima segunda, em compromisso pela Liga das Nações. Tentando confirmar a classificação, a Roja recebe a Inglaterra no Estádio Benito Villamarín.