A vitória do Vasco sobre o Flamengo na última quarta trouxe esperanças na Copa do Brasil. Porém, não ajudou a aliviar a situação dos cruzmaltinos no Campeonato Brasileiro, ao menos neste momento. O bom início de Jorginho no comando da equipe acabou por ali, e os cariocas acabaram atropelados pelo Goiás no Serra Dourada. Por mais que os vascaínos contestem algumas decisões da arbitragem, fica difícil rebater a derrota por 3 a 0, em que o placar ficou até barato. Especialmente pela forma como os esmeraldinos esmagaram os visitantes durante os primeiros minutos da partida.

O lance mais inusitado aconteceu logo aos quatro minutos de jogo. Zé Love estreava pelo Goiás já como titular. E, em sua primeira finalização, em uma jogada iniciada em uma cobrança de lateral, acertou um belo chute de bicicleta para abrir o placar. O gol deixou o Vasco atordoado. Logo na sequência, o camisa 9 quase ampliou, enquanto Erik acertou a trave. E o segundo gol viria aos 17, em um pênalti cobrado por Erik. Com a vantagem, os goianos tiraram o pé do acelerador e ficaram com um a mais, após a discutível expulsão de Jorge Henrique. Já o terceiro gol veio na etapa complementar, em novo pênalti que resultou no vermelho para Rodrigo, que o camisa 11 converteu outra vez. Pior, após o final do jogo, alguns indivíduos invadiram o campo para cobrar os jogadores da equipe carioca.

O Vasco não vence na Série A há seis rodadas. Em três desses jogos, teve confrontos diretos contra outros times que brigam contra o rebaixamento, e só arrancou um ponto do Joinville. Com 13 pontos, os cruzmaltinos já estão a três dos catarinenses, logo acima na tabela, mas com um jogo a menos. Esperar na reação do Vasco é confiar naquele que talvez se torne o maior milagre da história do Brasileirão. Resta aguardar um pouco de honra na Copa do Brasil.