Pela importância que possui em sua região, o Dinamo Zagreb apresenta um retrospecto até modesto na Champions. Durante os tempos de Iugoslávia, a equipe disputou apenas duas edições do torneio, por mais que tenha ganhado na época a Taça das Cidades com Feiras – precursora da Copa da Uefa. Já depois da independência da Croácia, são seis aparições na fase de grupos da principal competição continental, sem nunca passar às oitavas. No entanto, em um grupo nivelado na corrida pela segunda colocação, o Dinamo parece apto a sonhar. A estreia saiu muito melhor que a encomenda, com a goleada por 4 a 0 sobre a Atalanta, no Estádio Maksimir.

O Dinamo avançou nas preliminares com autoridade. Passou por Saburtalo Tbilisi, Ferencváros e Rosenborg na Rota dos Campeões, para confirmar seu lugar na fase de grupos. Os croatas permaneciam como azarões na chave ao lado de Manchester City, Shakhtar Donetsk e Atalanta. Contudo, apoiado por sua torcida, o clube de Zagreb proporcionou uma amarga primeira partida aos estreantes italianos na competição continental.

Atacando com velocidade, o Dinamo abriu três gols de vantagem somente no primeiro tempo. Logo aos dez minutos, Marin Leovac aproveitou um cruzamento da direita para abrir o placar. Depois disso, começou o show de Mislav Orsic, que anotou uma tripleta. Aos 31, ele acertou um lindo chute rasteiro da entrada da área. O segundo veio aos 42, em cabeçada na pequena área. Já no segundo tempo, quando a Atalanta saiu mais ao ataque e tentou pressionar pelo milagre, o hat-trick esteve completo graças a um chutão que caiu exatamente no pé de Orsic. O ponta dominou e bateu cruzado. Outro a merecer menção é o espanhol Dani Olmo. O camisa 7 bagunçou a defesa italiana com seus dribles.

Aos 26 anos, Orsic possui uma carreira rodada, mas nunca jogou em uma grande liga. Sua trajetória inclui passagens pela Serie B Italiana, pela Eslovênia, pela Coreia do Sul e pela China. Contratado pelo Dinamo Zagreb na temporada passada, o ponta teve um bom desempenho no Campeonato Croata e também se sobressaiu nas preliminares desta Champions – a ponto de ganhar sua primeira convocação à seleção croata na última Data Fifa. Agora, em sua estreia na fase principal do torneio continental, marca logo de cara três gols. Fez história.

A vitória na estreia não oferece qualquer garantia ao Dinamo Zagreb, mas o técnico Nenad Bjelica promete “buscar os três pontos” mesmo contra o Manchester City. Almejar a classificação aos mata-matas ou ao menos ser repescado à Liga Europa parece um objetivo palpável, depois da goleada. A Atalanta, por sua vez, tem uma duríssima lição a tirar. Ampliar o sonho na Champions já se torna uma missão difícil.