Quando a terça-feira chegar ao fim, dois terços das seleções na Copa do Mundo de 2014 serão conhecidos. O Mundial já tem 14 participantes definidos e ganhará mais sete classificados com a conclusão das Eliminatórias nas Américas, bem como com o término da fase principal da competição na Europa. E, além dos dois continentes, a África também voltará seus olhos ao jogo de ida entre Gana e Egito.

Na América do Sul, são apenas duas vagas diretas. Equador, Chile e Uruguai só precisam definir quem pegará a Jordânia na repescagem. Nas Américas do Norte e Central, a dança das cadeiras é mais cruel, com Honduras, México e Panamá lutando por uma passagem ao Brasil e outra para a Nova Zelândia. Já na Europa, o favoritismo se concentra em Espanha, Inglaterra, Bósnia e Rússia, enquanto outras oito seleções tentam ganhar sobrevida com a repescagem no continente. Confira as melhores pedidas da rodada no nosso roteiro:

– Confira a programação de TV desta terça

O clássico

Uruguai x Argentina
Terça-feira, 20h30 (Sports+)

Argentina Uruguay Soccer Wcup

Uruguaios e argentinos sustentam a rivalidade mais antiga entre seleções fora da Europa. O primeiro Clássico do Rio da Prata aconteceu em 1901 e chegou até a valer taça de Copa do Mundo, no mesmo Estádio Centenário que abrigará o confronto desta terça. Em 112 anos de história, são 182 dérbis entre os dois países, com vantagem de 85 a 55 para os argentinos. E, considerando a animosidade entre os governos das duas nações nos últimos dias quanto ao funcionamento de uma fábrica de papel na fronteira, o duelo tende a ser ainda mais acirrado.

Em campo, o jogo vale mesmo para o Uruguai. Enquanto a Albiceleste já garantiu até mesmo a primeira colocação das Eliminatórias, a Celeste tenta se desvencilhar da quarta aparição consecutiva na repescagem. Para tanto, a equipe de Óscar Tabárez precisa bater os vizinhos, torcer para que haja vencedor em Chile x Equador e tirar a diferença no saldo para o perdedor deste jogo – seis tentos para os equatorianos e quatro para os chilenos. E, mesmo tendo passado pelos argentinos na Copa América com uma vitória nos pênaltis, os uruguaios não derrotam os arqui-inimigos durante os 90 minutos há oito anos. Luis Suárez e Edinson Cavani, autores de 14 dos 22 gols do time no torneio, serão mais necessários do que nunca.

O jogão

Gana x Egito
Terça-feira, 13h00 (ESPN)

A fase final das Eliminatórias na África é feita de cinco jogos mortais. Duelos de ida e volta em que só o vencedor consegue passar à Copa do Mundo. E o embate mais forte rumo ao Brasil terá seu primeiro episódio vivido nesta terça-feira, em Acra. Gana foi a melhor seleção africana nos dois últimos Mundiais, mas correu sérios riscos de eliminação ao pegar Zâmbia na fase de grupos. Terá pela frente o Egito, única seleção com 100% de aproveitamento no qualificatório africano e que está na sede de voltar à Copa após 24 anos de ausência. Como atrativo a mais, o jogo marca o reencontro das finalistas da Copa Africana de 2010, vencida pelos Faraós.

Fique de olho também

Costa Rica x México
Terça-feira, 22h30 (ESPN Brasil, Sportv 3, Bandsports e Esporte Interativo)

Mexico Panama WCup Soccer

O jogo mais tenso das Eliminatórias nesta terça acontece em San José. A Costa Rica já está no Mundial, mas tem a chance de tirar o México da competição se fizer sua parte como anfitriã, em um estádio onde conquistou suas quatro vitórias no hexagonal decisivo da Concacaf. E, mesmo precisando de apenas um empate para ir à repescagem, os mexicanos parecem ter o continente conspirando contra. Honduras visita a Jamaica e também precisa de um ponto para assegurar a vaga direta na Copa. Enquanto isso, o Panamá deverá receber um Estados Unidos cheio de mudanças, na necessidade de uma vitória simples e de uma derrota simples de El Tri para enfrentar a Nova Zelândia em novembro. Se quiser vir ao Brasil, o México precisa ter consciência de que só depende de si – já que não dá para esperar muito dos outros.

Chile x Equador
Terça-feira, 20h30

A partida em Santiago tem tudo para ser uma grande festa. Chile e Equador se garantem na Copa com um empate. E mesmo quem perder tem grandes chances de ficar com uma das vagas diretas da América do Sul. Apesar da boa campanha dos dois times no torneio, o mais provável é uma vitória imponente dos chilenos. A Roja ganhou quatro dos seis jogos nas Eliminatórias desde que Jorge Sampaoli assumiu, exibindo um futebol ofensivo, dona do segundo melhor ataque no continente. Além do mais, La Tri inspira pouca confiança longe de Quito, onde empatou três e perdeu quatro de seus jogos.

Turquia x Holanda
Terça-feira, 15h00

A recuperação da Turquia nas Eliminatórias é digna de aplausos. Após um início sofrível, os turcos somaram quatro vitórias e um empate nas suas últimas cinco partidas na competição, assumindo a vice-liderança do Grupo D. Para confirmar a vaga na repescagem, todavia, a equipe de Fatih Terim terá o pior adversário possível em Istambul: a classificada Holanda, dona do melhor ataque do qualificatório na Europa. Se não vencer, a Turquia pode torcer também para um tropeço da Romênia, que tem os mesmos 16 pontos e recebe a Estônia, e da Hungria, com dois pontos a menos e com goleada prevista sobre Andorra.

Podem se garantir na Copa

Espanha x Geórgia
Terça-feira, 13h00 (Sportv 2 e Esporte Interativo)

Brazil Soccer Confed Cup Spain Uruguay

Por mais que não venha jogando tão bem, a Espanha não deve ter problemas para se garantir à frente da França no Grupo I e comprar a viagem para o Brasil em 2014. Três pontos à frente, a Fúria pode até empatar contra a Geórgia, enquanto os Bleus recebem a Finlândia em Paris. Uma situação tão cômoda que Vicente Del Bosque se dará ao luxo de fazer alguns testes na equipe. Mas ao menos a torcida pode esperar pela permanência de Andrés Iniesta, craque do time, que terá a chance de atuar em Albacete, sua cidade-natal.

Inglaterra x Polônia
Terça-feira, 16h00 (ESPN Brasil)

O Grupo H era o mais equilibrado das Eliminatórias na penúltima rodada, mas a goleada sobre Montenegro trouxe um alívio tremendo para a Inglaterra. Os Three Lions lideram com um ponto de vantagem e só precisam vencer a já eliminada Polônia, em Wembley. Considerando a boa exibição do ataque na última sexta, com quarteto afiado formado por Rooney, Sturridge, Welbeck e Townsend, não será problema. Se empatar ou perder, contudo, os ingleses precisam torcer muito. Afinal, a Ucrânia visita San Marino, de quem ganhou por 9 a 0 em Kiev.

Azerbaijão x Rússia

Terça-feira, 14h00

A Rússia tinha chances matemáticas de se garantir na Copa com uma rodada de antecipação e não deve deixar a vaga escapar no encerramento das Eliminatórias europeias. Os russos visitam o Azerbaijão em Baku e só precisam de um empate para confirmar a liderança do Grupo F. E o primeiro encontro com a ex-república soviética foi vencida pelo time de Fabio Capello, 1 a 0 em Moscou. Pior para Portugal, que tem tudo para golear Luxemburgo em Coimbra e, mesmo assim, ter que ir à repescagem.

Lituânia x Bósnia
Terça-feira, 14h00

Bosnia Greece Wcup Soccer

A Copa do Mundo de 2014 ainda não possui nenhuma seleção estreante confirmada. Um posto que deve ser ocupado pela Bósnia. Os balcânicos estão empatados com a Grécia na liderança do Grupo H, ambos com 22 pontos, mas tem uma larga vantagem no saldo de gols – 22 contra seis. Além do mais, a vida dos bósnios é relativamente tranquila na rodada final, com a visita à Lituânia – os gregos recebem Liechtenstein. Autores de 17 gols no qualificatório, Edin Dzeko e Vedad Ibisevic dão as esperanças para que a festa se rompa em Sarajevo.

Vale uma zapeada

Itália x Armênia
Terça-feira, 15h45 (ESPN+)

Classificada à Copa, a Itália se despede das Eliminatórias em uma das melhores atmosferas possíveis, jogando diante da torcida em Nápoles. A Azzurra tem pela frente a Armênia, que faz uma das campanhas mais surpreendentes da competição e ainda tem chances de ir à repescagem. Para sonhar, os armênios precisam vencer e torcer por tropeços de Bulgária e Dinamarca. É a última cartada de um time que venceu três de seus quatro jogos fora até aqui.

O reencontro

Suécia x Alemanha
Terça-feira, 15h45 (Sportv e ESPN)

Germany Sweden WCup Soccer

Suecos e alemães protagonizaram aquele que provavelmente foi o jogo mais emocionante dessas Eliminatórias. Jogando em Berlim, o Nationalelf abriu quatro gols de vantagem no placar. No entanto, os escandinavos conseguiram buscar o empate na meia hora final da partida, incluindo um tento de Rasmus Elm já nos acréscimos. Garantida na Copa, a Alemanha espera se refazer do papel vergonhoso com uma boa atuação em Solna, já que também não dá mais para tirar a Suécia da repescagem.

O cara

Gylfi Sigurdsson
Terça-feira, 15h00

A Islândia estava longe do favoritismo nas Eliminatórias. Não à toa, os nórdicos foram relegados ao último pote no sorteio da competição, ao lado de ‘potências’ como San Marino, Malta e Liechtenstein. Porém, os islandeses fazem uma campanha muito além de suas próprias expectativas e só precisam manter a diferença de um ponto sobre a Eslovênia para ir à repescagem. A rodada é dura para a Islândia, que visita a Noruega em Oslo, mas também não prevê vida fácil aos eslovenos, que pegam a Suíça em Berna. Entre as esperanças dos escandinavos está Gylfi Sigurdsson, artilheiro do time no qualificatório e principal expoente da boa geração de jovens jogadores do país.

O brasileiro

Lucas Moura
Zâmbia x Brasil
Terça-feira, 8h45 (Globo e Sportv)

Britain Soccer England Brazil

Luiz Felipe Scolari já disse que pretende definir o elenco da seleção brasileira para a Copa do Mundo ainda em 2013. E a chance que ganhará contra a Zâmbia pode ser definitiva para Lucas Moura. O meia não foi bem quando pôde atuar pela equipe nacional e acabou ficando atrás de Bernard na disputa pela reserva imediata de Neymar. Considerando a ascensão de Ramires como opção a Hulk, bem como a candidatura de Philippe Coutinho e Willian à última convocação do ano, é bom o jogador do Paris Saint-Germain mostrar serviço contra a Zâmbia.

Passe longe

Jordânia x Omã
Terça-feira, 12h00

A Jordânia aguarda a definição de seu adversário nas Eliminatórias da Copa. E, enquanto espera, o time se prepara como seriedade para o duelo decisivo. Os jordanianos entram em campo pelas Eliminatórias da Copa da Ásia, contra o vizinho Omã. Um jogo que pode até valer para o Uruguai ficar de olho, diante de seu potencial adversário na disputa pela vaga no Mundial, mas que não merece atenção de nenhuma outra parte do planeta.