Não bastasse o elenco forte que terminou o primeiro turno da Bundesliga na liderança e também alcançou os mata-matas da Champions League pela primeira vez, o RB Leipzig ganha um reforço para se tornar ainda mais competitivo nesta reta decisiva da temporada. Neste sábado, os Touros Vermelhos confirmaram a contratação de Dani Olmo. O meia de 21 anos atravessa uma notável crescente, após brilhar na conquista do Europeu Sub-21 com a seleção espanhola e encadear ótimas atuações com o Dinamo Zagreb na Champions. Agora, chega a um clube de maior projeção, que pode consagrá-lo logo cedo e levá-lo à Euro 2020.

Olmo assinou com o RB Leipzig até 2024. Segundo a revista Kicker, o clube alemão acertou a transferência por €20 milhões, bem abaixo do valor de mercado do meia. No entanto, o contrato tem cláusulas que podem “aumentar significativamente o montante através de bônus”. Assim, compreende-se o acordo, até pelas excelentes perspectivas que o novato terá para se desenvolver na Bundesliga. Chega a um clube bem colocado, dentro de um projeto promissor e com um dos melhores treinadores do mundo, mesmo tão jovem.

Aos 21 anos, Dani Olmo já mostrou que arriscar não é muito seu problema. Foi assim quando aceitou um plano elaborado do Dinamo Zagreb, quando ainda integrava as categorias de base do Barcelona. O adolescente trocou a Espanha pela Croácia sob a ideia de superar Luka Modric como maior venda da história do clube e cumpriu as expectativas, pelo menos para se colocar entre os jogadores mais promissores da Europa. Nas últimas duas temporadas e meia, Olmo assumiu o papel de protagonista do Dinamo, dominante na liga local. Já a cereja do bolo veio com o bom papel feito na Champions 2019/20, quando o garoto arrebentou.

Olmo é um jogador de muita qualidade técnica. Possui uma habilidade impressionante nos dribles, além de muita visão de jogo para armar sua equipe. O espanhol geralmente atua centralizado na armação, mas também pode cair pelas duas pontas. E sua contribuição ofensiva é constante, seja marcando gols ou servindo assistências. Será interessante ver o encaixe a ser realizado por Julian Nagelsmann em seu 4-4-2, considerando também as variações que o treinador costuma realizar, e mesmo o desenvolvimento de Olmo em algumas tarefas mais táticas / defensivas que precisará lidar na Bundesliga.

O RB Leipzig, além do mais, se prova como um clube mais interessante a jovens promessas que outras camisas mais pesadas. O Bayer Leverkusen tentou levar Olmo na temporada passada, mas não teve acerto com os €25 milhões oferecidos. Já nesta janela de inverno, diversos clubes cresceram os olhos sobre o espanhol. O Milan até parecia próximo de contratá-lo nas últimas semanas, em conversas encaminhadas. Contudo, pelo perfil dos Touros Vermelhos e pelo próprio horizonte de progressão com a equipe, a escolha pela Red Bull Arena se tornou bem mais óbvia.

Dani Olmo é a primeira contratação do RB Leipzig nesta janela de inverno, após o clube perder o vice-capitão Diego Demme para o Napoli, além de emprestar os jovens laterais Luan Cândido e Marcelo Saracchi. De qualquer maneira, a chegada do espanhol tem muito mais impacto que a saída do volante, bem coberta por outros companheiros. O novo maestro vem não apenas para disputar uma posição entre os titulares, como também para fortalecer a rotação nas diferentes competições que o time terá pela frente. Nagelsmann não realiza mudanças drásticas no time entre Champions e Bundesliga, mas tem profundidade no elenco para tanto. Agora, com mais um projeto de craque para desequilibrar partidas.