A Atalanta é um time que vale os 90 minutos diante da televisão, como poucos na atualidade. A frequência das grandes atuações da equipe de Gian Piero Gasperini é enorme. E mais uma aconteceu nesta terça-feira, durante o clássico contra o Brescia no Estádio Gewiss. A Dea atropelou os rivais por 6 a 2, com uma tripleta de Mario Pasalic, assim como uma sequência de três tentos em apenas cinco minutos. O resultado coloca os Orobici na segunda colocação da Serie A, com uma excelente sequência desde fevereiro.

A Atalanta precisou de pouco mais de um minuto para abrir o placar em Bérgamo. Ruslan Malinovskiy deu o passe e Pasalic aproveitou o buraco na defesa do Brescia. Invadiu a área e bateu no canto. Depois de uma boa chance, os visitantes ainda buscariam o empate aos oito minutos. Mattia Caldara errou o domínio na frente da área e permitiu que Ernesto Torregrossa avançasse sozinho, tocando por baixo do goleiro Marco Sportiello. Mas não demoraria para que a Dea despertasse sua fúria.

A Atalanta colocou o Brescia nas cordas a partir dos 25 minutos. Robin Gosens tabelou com Duván Zapata e rolou para Marten de Roon chutar com estilo, usando a parte de fora do pé para tirar do alcance do goleiro Lorenzo Andrenacci. Malinovskiy ampliou três minutos depois, ao cortar para o meio e soltar um de seus característicos mísseis, acertando o canto da meta adversária. E a vitória estaria encaminhada com o quarto gol aos 30, a partir de uma boa troca de passes. Gosens cruzou com precisão e Zapata mergulhou para também deixar sua marca.

Com o domínio total do jogo, a Atalanta nem precisou finalizar tanto para ampliar ainda mais o placar. Os últimos dois gols vieram no início do segundo tempo, com Pasalic em busca de seu hat-trick. A combinação do primeiro tento se repetiu aos dez minutos, num passe de Malinovskiy para outra infiltração inteligente do meio-campista, que chutou por cima do goleiro. Por fim, o sexto aconteceu três minutos depois. Zapata roubou a bola perto da área, Ebrima Colley ajeitou e Pasalic concluiu. O poupado Papu Gómez e Luis Muriel, que se recupera após bater a cabeça na piscina de sua casa, aplaudiam do lado de fora. O Brescia só descontou de novo aos 38, numa interceptação de Sandro Tonali, que abriu para Nikolas Spalek arrematar.

Vice-líder, a Atalanta chega aos 70 pontos na Serie A, ultrapassando Internazionale e Lazio. Ambos aparecem com dois pontos a menos, mas também um jogo a menos. Já a Juventus tem na Dea sua principal ameaça a esta altura da campanha. A Velha Senhora soma 76 pontos e pega o Sassuolo nesta quarta-feira. O time de Gian Piero Gasperini sustenta uma sequência invicta de 15 partidas, com 13 vitórias neste intervalo e incríveis 51 gols marcados. O Brescia, uma vítima esperada, dificilmente se salva do rebaixamento na Serie A. Na penúltima posição, o time está a nove pontos de sair do Z-3, restando mais cinco compromissos.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore