Foi um desfecho inacreditável, para muitos o mais memorável da história do Campeonato Inglês. Em 26 de maio de 1989, há exatos 30 anos, num raríssimo confronto direto pelo título, o Arsenal vencia o Liverpool por 2 a 0 em Anfield, com um gol do meia Michael Thomas já nos acréscimos, sagrava-se campeão da liga depois de uma longa temporada e ainda encerrava seu jejum na competição após 18 anos de frustrações e descrença.

O título foi conquistado com os Gunners superando os Reds apenas no número de gols marcados, já que as duas equipes ficaram empatadas em pontos e no saldo de gols. E teve sabor ainda mais especial por ter sido levantado no lendário estádio onde o Liverpool – então dominante no futebol inglês – dificilmente era batido. E por ter reabilitado o futebol após a tristeza profunda da tragédia de Hillsborough, também ocorrida naquela temporada.

Continue lendo no It’s A Goal.

Além de colaborações periódicas, quinzenalmente o jornalista Emmanuel do Valle publica na Trivela a coluna ‘Azarões Eternos’, rememorando times fora dos holofotes que protagonizaram campanhas históricas. Para visualizar o arquivo, clique aqui.

Confira o trabalho de Emmanuel do Valle também no Flamengo Alternativo e no It’s A Goal.